quarta-feira, 20 de fevereiro de 2008

Para Ti...

A nossa bolota da sorte acompanhou-me sempre, apertava-a com força na minha mão, quando este momento de sufoco parecia não ter fim e roubar-me o ar de dentro do peito.

Vences-te mais esta batalha como o Herói que és, dando-nos a todos mais uma lição de vida.

Hoje, o mundo parou, nada era mais importante naquele momento em que vi o teu sorriso!


Para ti Tomás... vais vencer este "vendaval"


boomp3.com

Não Me Mintas
(Rui Veloso)
"Eu queria unir as pedras desavindas
escoras do meu mundo movediço
aquelas duas pedras perfeitas e lindas
das quais eu nasci forte e inteiriço

Eu queria ter amarra nesse cais
para quando o mar ameaça a minha proa
E queria vencer todos os vendavais
que se erguem quando o diabo se assoa

Tu querias perceber os pássaros
Voar como o jardel sobre os centrais
Saber porque dão seda os casulos
Mas isso já eram sonhos a mais

Conta-me os teus truques e fintas
Será que os "Nikes" fazem voar
Diz-me o que sabes e não me mintas
ao menos em ti posso confiar

Agora diz-me o que aprendeste
De tanto saltar muros e fronteiras
Olha para mim e vê como cresceste
Com a força bruta das trepadeiras

Põe aqui a mão e sente o deserto
Cheio de culpas que não são minhas
E ainda que nada à volta bata certo
Juro ganhar o jogo sem espinhas

Tu querias perceber os pássaros
Voar como o jardel sobre os centrais

Saber por que dão seda os casulos
Mas isso já eram sonhos a mais"


Bons Encontros!

2 comentários:

mi disse...

Lindo! ;)

Anónimo disse...

E para ti que Deus te dê muita saúde