sexta-feira, 21 de novembro de 2008

Nunca digas Nunca!

Há uns anos, leram-me a sina na palma da mão. Nunca acreditei muito "nestas coisas", mas achei piada e fiz de cobaia a uma amiga que andava a ler um livro sobre o assunto.

Na altura tudo me pareceu absurdo. O que me dizia, à medida que ia comparando as linhas da minha mão, não coincidia em nada com as perspectivas que tinha, nos meus então 18 anos!
Mas ela, lá ia relatando o meu futuro, ignorando os meus risos e as minhas negações.

Coincidência, ou não, a verdade é que ao longo dos anos, algumas decisões na minha vida fizeram com que recordasse "a minha sina" e dei comigo algumas vezes a pensar: "Afinal tinha razão"... Porém, havia algo que sempre disse que NUNCA iria acontecer, não fazia parte dos meus planos e sentia até uma espécie de medo, comparado ao que sentia quando em pequena tinha de "levar picas".

Hoje recordo as suas palavras com um sorriso timido, ainda desconfiada de como isto aconteceu:

Bons Encontros!

4 comentários:

Isabel disse...

Parabéns!
É o que a vida tem de encantador: as boas surpresas.
Desejo imensos sucessos e, se houver aplicação, prevejo excelentes resultados.
Até breve (e obrigada pela visita).

Agora vá: xô-xô! Toca a estudar!
:)

Patrícia disse...

Parabéns!
Desejo-te tudo de bom, para este novo desafio. Vem dar noticias de vez em quando
beijinhos
pat

APO (Bem-Trapilho) disse...

olá amiga!

mtos parabens, minha querida! que te corra tudo bem!

Feirinha no Mercado da Quinta do Conde no próximo Sábado de manhã!!! Não percas! :) Eu vou lá estar.

bjos e até lá!

Célia Jordão Alves disse...

Parabéns! Desejo-te tudo de bom para esta nova etapa. Muita força sempre para não desistir. A formação vale sempre a pena.